A pesca esportiva aproxima mãe, filhos e netos

Nesta família, a pesca esportiva é “a desculpa” para marcar encontros

Por Ester Quaresma - 10/05/2020 em Notícias / Geral

Nós já contamos aqui sobre os benefícios da prática de esportes em família, lembra?


Arali começou na pesca através do marido, o pescador Reinold Baudisch, que adorava pescar e ensinou a ela tudo o que sabia sobre a atividade.

Conforme apontado pela reportagem do portal  Body Tech, essa atividade aproxima pais e filhos, gera conversas, traz ensinamentos e diversas outras melhorias para a relação familiar.


A pescadora e empresária Arali Baudisch pensa o mesmo. Para ela, que é mãe, a pesca esportiva trouxe diversos benefícios para a relação familiar, porque aproximou os filhos ainda mais.


“A pescaria é uma desculpa para a gente se reunir. Porque a gente fica ali junto, ajuda um, ajuda outro. ‘Ah eu não sei montar a vara’, vou lá monto, pego o peixe. É muito divertido. Passa o dia, assim, que a gente nem vê.” Arali Baudisch




Embora tenha entrado nesse mundo para acompanhar o apresentador do programa Pesca Dinâmica, que faleceu no ano passado, o que fez Arali permanecer foi a paixão pelo esporte. “Tem um ditado [que diz:] 'se você não consegue vencer o inimigo, junte-se a ele' , e foi o que fiz para estar mais próxima ao Reinold. Comecei a acompanhá-lo em campeonatos e adorei”, comenta.


E a pescadora não parou por aí. Arali, além de ser parceira de Reinold nas pescarias, trabalha na loja de pesca idealizada pela marido, era cinegrafista de alguns episódios do Pesca Dinâmica e, claro, pesca sempre que possível.


Apesar de antigamente pescarem muito mais, com direito a piquenique, farofa de frango, sanduíche e todas as crianças reunidas, hoje em dia Arali segue reunindo a família sempre que possível: “Os momentos de pescarias acabam sendo também "justificativas" para reunir a família”, lembra a pescadora.


E você, também gosta de juntar toda família para pescar?


Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS