Fly fishing e suas muitas possibilidades

No Dia Nacional da Pesca com Mosca, Kid Ocelos fala sobre o lado eclético da modalidade

Por Alison Mota - 28/04/2020 em Notícias / Geral - atualizado em 29/04/2020 as 09:58

Hoje, dia 28 de abril, é comemorado o Dia Nacional da Pesca com Mosca, modalidade de pesca esportiva também chamada de fly fishing. A data foi instituída pela Associação Brasileira de Pesca com Mosca (ABPM) com o objetivo de difundir a pesca sustentável, celebrando a amizade e união dos mosqueiros do Brasil.

Na Fish TV, um dos principais representantes da modalidade é Kid Ocelos, o nosso artista do fly, que, quando observa o cenário atual da pesca com mosca, se vê lembrando de anos atrás, quando estava começando, no final dos anos 80. “Hoje, quando olho pro passado, vejo o quanto a modalidade cresceu. Temos uma data oficial, a ABPM, um programa exclusivo para o fly, vejo muitos grupos, jovens e crianças iniciando na pesca com mosca, enfim, abrangendo os mais diferentes lugares e chegando em todas as pessoas”, relata.

Mas, como Kid gosta de dizer, a modalidade vem se tornando cada vez mais eclética, ou seja, abrindo novas possibilidades para quem a pratica. “O fly está se misturando, cada vez mais, em nossa cultura eclética de pesca. É uma variedade de peixes fantástica. O fly conseguiu se encontrar em praticamente todo o território nacional, até mesmo em nosso vasto litoral, onde vemos pescadores brasileiros explorando esses locais e adicionando o nosso jeito tupiniquim de ver essa modalidade... ou melhor, esse estilo de vida que é a pesca com mosca”, descreve.


Com essa variedade, Kid citou algumas das principais e variadas espécies que se pode capturar no fly fishing. “Os de água doce, destaco pacus, matrinxãs, tambaquis, cachorras, apapas e corvinas. Em água salgada temos peixes de cardume, como cavalas, atuns, dourados, e até peixes de bico, tais como sailfish e aguilhão de vela. Na pesca de praia, pampos, robalos e corvinas do mar. Em um lance mais urbano, aí temos tilápias e carpas, que podem ser capturadas tanto em ambiente natural como em pesqueiros”, destaca.

Quer acompanhar Kid pescando em variados locais pelo Brasil e fora dele? Então, assine o Clube Fish TV e tem acesso a esse e outros programas, além de conteúdos exclusivos. Para você assistir quando e onde quiser. Em nosso canal do YouTube também temos alguns episódios disponíveis, acesse clicando aqui, e não se esquece de se inscrever.

Assista abaixo o drops dessa notícia:


Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS