Pesqueiros já estão recebendo turistas

Seguindo todas as medidas de segurança e saúde, muitos empreendimentos estão autorizados para retomarem as atividades

Por Laís Vanessa - 16/06/2020 em Notícias / Mercado - atualizado em 16/06/2020 as 13:43

O turismo de pesca em pesqueiros, aos poucos, vem ganhando forma novamente. A retomada está sendo lenta, porém seguindo todas as recomendações de saúde e segurança, os locais estão sendo liberados para voltarem a proporcionar um pouco de alegria aos pescadores que estão com saudades das fisgadas. 

 

Confira abaixo, alguns dos locais que estão operando nesse momento:

 

Hotel Pesqueiro Boitupesca - Boituva, SP

 

De acordo com o proprietário, Bruno Malagueta, o pesqueiro está operando com reserva e nome na lista para evitar filas e aglomerações, respeitando o espaço entre cada pescador. Apenas o restaurante ainda não está funcionando. É só entrar em contato pelo whatsapp e reservar seu espaço. O pesqueiro ainda disponibiliza álcool em gel e está dentro de todas as recomendações de saúde.


Garça Branca Pesca e Lazer - Cabreúva, SP

 

Érico Tiago Moraes, dono do pesqueiro, diz que o local está funcionando com agendamento prévio e atendendo apenas 15 pessoas por vez para evitar filas e aglomerações. No local ainda deve ser respeitada a distância entre os pescadores, estabelecida pelo pesqueiro e o uso de máscara. 

 

Pesqueiro e Pousada Recanto Rodeio - Sarapuí, SP

 

Nesse pesqueiro, o atendimento segue normal, porém respeitando as normas de saúde. Segundo Fabiano Rossi da Silva, proprietário, o local é bem tranquilo, então é permitido o funcionamento normal. O trabalho segue por lá, mas com responsabilidade. 



Pesqueiro e Piscicultura Santa Clara - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Emersom Soares Almeida, proprietário, conta que estão atendendo com restrições. “Reduzimos nossa capacidade, estamos fazendo agendamento prévio para evitar aglomerações e estamos tomando todas as medidas de saúde e segurança”, diz. 

 

Ele ainda informa que estão pensando em ações e novidades para os clientes. O local inclusive, recebeu o certificado do Cadastur, que é um sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no turismo. 

 

Parque Maeda - Itu, SP

 

O Parque Maeda está funcionando seguindo todas as normas de vigilância sanitária. Foi criado um sistema de agendamento online para as áreas de pesca a fim de evitar aglomeração. A capacidade do local foi reduzida em 80%. Também fica vetado a entrada de menores de 10 e maiores de 60 anos. Há distância mínima entre pescadores de três metros, uso obrigatório de máscaras de proteção, fechamento temporário do restaurante e ainda disponibilização de álcool em gel em diversos pontos do Parque por meio de frascos ou painéis que podem ser acionados com os pés. 


Escamas Pesca Esportiva - Santo Antônio do Monte, Minas Gerais

 

Laís Santos, proprietária, diz que o pesqueiro está aberto ao público, porém com restrições. “Estamos atendendo com número limitado de pescadores, seguindo as orientações de saúde. Estamos devagar por enquanto, agendando as pessoas por telefone”, conta. O pesqueiro está recebendo 10 pessoas em dia de semana e 20 aos finais de semana e feriados. 

 

Pesqueiro Taguatinga - Brasília, DF

 

O Pesqueiro Taguatinga, em Brasília, está aberto, mas com diversas restrições. Entre elas, está o horário reduzido e o atendimento para 50% da capacidade. “Além disso, estamos operando com o uso de máscara obrigatório e também medição da temperatura com termômetro à distância”, ressalta o proprietário do empreendimento, Gilberto Goro Kava. 


É válido ressaltar que, apesar dos pesqueiros estarem recebendo turistas, cabe a cada um ter responsabilidade, respeitar as regras impostas e só ir pescar se realmente estiver bem de saúde. Assim, em breve o turismo de pesca voltará, ainda melhor do que já era antes. 

Veja a notícia na TV:

 

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS