Tartaruga-cabeçuda bate recorde de fidelidade reprodutiva

Há 32 anos o animal volta à mesma praia para desovar

Por FishTV - 06/02/2015 em Notícias / Geral

Uma fêmea de tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta) atingiu o maior tempo de fidelidade reprodutiva já registrado pelo Projeto Tamar. Há 32 anos a tartaruga retorna à praia de Comboios, no Espirito Santo para desovar.  Recorde que ultrapassa o de outra fêmea da mesma espécie que há 25 anos é identificada na praia de Povoação, também no ES.

A tartaruga foi marcada pela primeira em 1982, sendo flagrada em Comboios nos anos, 1993, 1995, 1997, 2004 e pela última vez em dezembro de 2014. As desovas ocorrem a cada quatro anos entre os meses de outubro e janeiro, sempre na mesma praia onde as fêmeas nasceram. 

Tartaruga foi flagrada pela primeira vez na praia de Comboios em 1982. (Imagem: Reprodução/ICMBio)


O maior tempo de fidelidade reprodutiva já observada em todo o mundo foi o de uma tartaruga-verde (Chelonia mydas), com 38 anos de desovas em uma praia no Havaí. 

Entre as cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no país, a tartaruga-cabeçuda é a que mais realiza desovas no litoral brasileiro, tendo como preferência as praias do norte do Espírito Santo. A espécie apresenta um ciclo de vida longo e são altamente migratórias. As fêmeas podem se deslocar mais de 1.500 km para se reproduzir. 
 

Fonte: ICMBio
Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS