Pesca esportiva: uma paixão que passa de pai para filho

Frederico Daenekas pesca com os filhos há quase 20 anos

Por Ester Quaresma - 09/08/2019 em Notícias / Geral

Que a paixão pela pesca esportiva passa de pais para filhos, todo mundo sabe. Nós já mostramos isso algumas vezes, e podemos ver isso semanalmente com a Família Nakamura. 

Mas com a família Daenekas a paixão foi além dos filhos. Tudo começou com o pai Frederico e hoje em dia a pesca esportiva faz parte da vida de toda a família, indo por todas as gerações.

E essa paixão começou há muito tempo. Há 63 anos, um Frederico Daenekas de 8 anos iniciava sua vida na pesca. Utilizando apenas varas de bambu e minhocas, o pescador já capturava seus primeiros exemplares. 

Porém, foi quando surgiram os pesqueiros nos anos 90, “e a febre das cabeçudas”, como diz Frederico, que esse sentimento começou a aumentar. A vontade de aprender a capturar esses famosos exemplares era grande, e o pescador começou a pensar em técnicas de pesca: receitas de massa e folgas na beira do lago viraram rotina. 


Quando se aposentou, a pesca se tornou algo ainda mais presente na sua vida:

“Depois que eu me aposentei, aos 58 anos, passei a ir [ao pesqueiro] com uma frequência muito maior, virou meu hobby. Praticar a pesca esportiva no começo me parecia muito estranho, mas eu passei a amar de um forma que se eu machucar um peixe hoje fico extremamente aborrecido.” Frederico Daenekas

E então a paixão pela pesca passou de pai para filhos. A partir dos anos 2000 a família inteira acompanhava as pescarias: esposa, filho, filhas, netos. Segundo Frederico, no começo era preciso “comprar” eles com um churrasco de picanha, mas logo todo mundo estava adorando.


Frederico participa dos Campeonatos Fish TV desde a edição Paulista. E hoje, com 71 anos, está se preparando para competir no 2º Campeonato Brasileiro em Pesqueiros com seus filhos. Para o pescador, participar em família, com seus filhos, é ainda melhor:

“Me sinto realizado em poder estar com todos ao meu lado, poder participar de um evento que amo, junto com minha esposa, filhos e netos é uma imensa alegria.”  Frederico Daenekas

A neta de Frederico também irá participar da competição, e segundo Daenekas, é a que mais gosta de pescar na família. Ela pratica desde os dois anos de idade e pesca em todas as folgas da faculdade.

Mas para Frederico, não é só essa família que irá acompanhar ele durante a competição. Como ele faz parte de todos os campeonatos, é como se ele tivesse criado uma grande família:  “conheci muita gente sensacional, tenho um grande prazer em fazer parte desde o começo.”

E claro, a família Fish TV também está por perto. Segundo o pescador, assim que você começa a fazer parte, “nunca mais vai querer ficar longe dessa grande família”!

Com você a paixão pela pesca também passou de pai para filho?

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS