Loader

Pesca Esportiva na infância pode ajudar a formar cidadãos melhores

A prática já foi até tema de estudos científicos e faz parte de um mercado até então pouco explorado

Por FishTV - 14/12/2016 em Notícias / Geral

Quase todo pescador começou suas atividades nesse esporte ainda criança. O dado parece conversa de pescador, mas faz todo sentido quando se ouve as histórias de cada um dos apaixonados pela pesca. A maioria teve a relação com a natureza estreitada pela pesca, até pouco tempo, principalmente, pela prática mais artesanal ou até mesmo predatória, passada de geração para geração. Mas, que grande mudança cultural a pesca na infância sofreu, então?
Preservando a cultura e o peixe

Hoje, a diferença mais clara está na preocupação com a saúde do meio ambiente, promovendo o pesque e solte. Apesar de ter iniciado na pesca já adulto, o ilustrador Kid Ocelos é um grande incentivador da pesca para as crianças. Ele relembra, "Antes, o pai, ou o avô, dizia, `que lindo, vamos cortar e fazer esse peixe’. Agora, dizem `que lindo, vamos ver o peixinho indo embora na água". O apresentador da Fish TV é padrinho dos alunos da Escolinha Mosqueiro Júnior - Soltando para Pescar, da Associação Brasileira de Pesca com Mosca - ABPM. "Fomentar o aprendizado da pesca esportiva, através dessas ações que aproximam a criança da preservação da natureza é muito importante, inclusive, para o futuro da prática.", complementa Kid.

Nas aulas e saídas a campo da Mosqueiro Júnior, os aprendizes de pescador recebem ensinamentos de atados, casting, entomologia e treinos de pesca em pesqueiros e no rio. O primeiro acampamento coletivo aconteceu em novembro deste ano, no rio das Antas, em São José dos Ausentes. Os interessados podem se inscrever através do e-mail: escolinha@abpm-brasil.com.br. As aulas são voltadas para crianças de 9 a 12 anos.

MAIS NOTÍCIAS