Peixes estampam máscaras de proteção em Corumbá

Cooperativa sul-mato-grossense produz mais de 50 unidades ao dia

Por Alison Mota - 02/07/2020 em Notícias / Geral

A cidade de Corumbá, que fica no Mato Grosso do Sul, é famosa por conta da pesca esportiva e a forma como essa prática movimenta a economia local. Por isso, a Associação de Mulheres Reciclando Peixe produzia uma quantidade variada de produtos com o couro de peixes da aquicultura. Com as mudanças impostas pela pandemia, as máscaras de proteção entraram de vez na rotina diária de produção.

A baixa na circulação de turistas pela região fez com que as vendas de outros produtos, como bolsas e carteiras, diminuísse consideravelmente. Em contrapartida, a demanda por máscaras de proteção feitas em tecido aumentou. A partir disso, surgiu a ideia da mudança na matéria prima, com a associação agora trabalhando com tecidos em algodão para a produção das máscaras. E os peixes continuam presentes nas estampas de cada produto.

Com uma produção de mais de 50 máscaras ao dia, que são vendidas entre R$5 e R$10 dependendo do modelo, a associação encontrou uma forma de obter renda em meio a um período complexo como este da pandemia. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (67) 99959-6112.

Assista a notícia na TV:


Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS