5 CURIOSIDADES SOBRE A AMAZÔNIA, ALÉM DA PESCA ESPORTIVA

Aproveita para espiar o Mapa da Pesca, e escolher o destino da sua próxima viagem!

Por FishTV - 31/10/2017 em Notícias / Geral

A Floresta Amazônica é o sonho da grande maioria dos pescadores. Afinal, por lá vivem algumas das espécies mais esportivas do mundo.  
Vale lembrar que 60% da Floresta Amazônica fica em território brasileiro, e abrange Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. Além disso, o Amazonas, que corta Manaus, é o maior rio do planeta. Ou seja, a expressão a "Amazônia é nossa" faz todo o sentido.

Aliás, no Mapa da Pesca, você encontra as melhores pousadas para ficar hospedado em meio à natureza selvagem, mas sem perder o conforto. De fato, o destino ideal para quem adora ecologia, aventura e, claro, pesca esportiva!
E não para por aí. Uma série de curiosidades torna a Amazônia ainda mais encantadora. Dá só uma olhada nesta lista!

1. Patrimônio e maravilha da natureza
Em 2003, a Unesco reconheceu quatro unidades de conservação no Amazonas como patrimônio natural da humanidade. Fazem parte: o Parque Nacional do Jaú, a Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Amanã, a Estação Ecológica de Anavilhanas e parte da Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Mamirauá. O conjunto é chamado de Complexo de Conservação da Amazônia Central. Já em 2009, a Amazônia ganhou o primeiro lugar da categoria Natureza do New7Wonders, sendo então uma das novas maravilhas modernas.

2. Parque Nacional do Jaú
A quarta maior reserva florestal do Brasil e o terceiro maior parque do mundo em floresta tropical úmida intacta fica na Amazônia. Conhecida como Parque Nacional do Jaú, a unidade de conservação brasileira de proteção integral da natureza abrange os estados do Amazonas e de Roraima, com território distribuído por Barcelos, Codajás, Novo Airão e Rorainópolis.

3. Um dos cartões postais mais procurados do planeta
Com quase sete mil quilômetros de extensão, o rio Amazonas é conhecido por ser o maior e mais volumoso rio do mundo. Mas o `encontro das águas’ de seus afluentes Negro e Solimões faz dele ainda mais famoso. O fenômeno natural - em que águas de cores diferentes não se misturam - é procurado por turistas do mundo todo.  

4. Espécies extremamente cobiçadas e esportivas
O tucunaré-açu é extremamente abundante na Amazônia. Os pescadores de todo o mundo sonham em fisgar exemplares dessa tão esportiva espécie que pode chegar a 13 quilos. Além disso, você ainda vai ter a chance de pescar tambaqui, pirarucu, pirarara, piraíba, surubim pintado, traíra, tucunaré-borboleta, cachorra, bicuda, jaú, matrinxa, trairão e cachara.

5. Selvagem, mas muito confortável, sim!
Você já deixou de ir para a Amazônia, pensando que não teria um lugar estruturado para ficar? Pode começar a mudar de ideia. A região conta com uma série de pousadas extremamente confortáveis.

Confira abaixo as indicações do Mapa da Pesca, em ordem alfabética. Descubra as melhores opções de hospedagem, e faça já a sua reserva!

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS