Loader

Ultrassonografia é usada para estudos em tambaqui

A técnica, que é uma novidade em peixes, permite que a pesquisa seja feita sem o sacrifício do animal

Por FishTV - 09/02/2017 em Notícias / Aquicultura

Um grupo de pesquisadores está usando a ultrassonografia veterinária para identificar características positivas que sirvam para o melhoramento genético do tambaqui. O objetivo é selecionar peixes com qualidades importantes para o mercado, com um tamanho superior de lombo ou um espaçamento maior entre as costelas, o que resulta, por exemplo, em um melhor rendimento da carne. A técnica permite que os especialistas obtenham todas as informações necessárias para o estudo sem ser preciso sacrificar o peixe. 

De acordo com o apresentador do programa Aqua Negócios, Fábio Sussel, a ultrassonografia para pesquisas com peixes é uma novidade. "Sabia-se que essa ferramenta era utilizada na avaliação de ovas de esturjões ainda vivos, visando a produção de caviar. Portanto, a introdução dessa prática em pesquisas com espécies brasileiras é o reflexo do quão grande é o potencial de criação de peixes", ressalta. A iniciativa é coordenada pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e faz parte do projeto Pró-Amazônia - Subsídios para melhoramento genético do tambaqui. 

MAIS NOTÍCIAS