Tilápia é a espécie mais exportada do Brasil

Cerca de 83% do que o país exportou de janeiro a março de 2020 foram desse peixe

Por Priscila Gomes - 01/06/2020 em Notícias / Aquicultura - atualizado em 01/06/2020 as 13:49

A tilápia, que é a espécie mais cultivada no Brasil, continua sendo também a mais exportada. Cerca de 83% do que o país exportou de janeiro a março deste ano foram desse peixe. Na sequência, vêm os curimatás, com mais de 11%, e o tambaqui, com mais de 2%. Em termos de estados, se destaca nas exportações de tilápias e seus derivados o Mato Grosso do Sul, com mais de 37% da quantidade total, Santa Catarina, com quase 25%, e o Paraná, que somou quase 21% do total exportado. 

No trimestre de janeiro a março de 2020, se comparado com o mesmo período do ano passado, as exportações brasileiras da piscicultura e de seus subprodutos cresceram tanto em quantidade como em valor. Neste ano, foram exportadas 1.635 toneladas de produtos, aumento de mais de 42% em relação a 2019.

 Esse movimento gerou U$ 3,2 milhões, valor mais de 67% maior que o das exportações do primeiro trimestre do ano passado. “O incremento das exportações de peixes de cultivo no primeiro trimestre de 2020 demonstra que a política de estímulo às exportações feita pelo setor tem obtido resultados satisfatórios e com tendência de crescimento nos próximos meses”, ressalta o diretor-presidente da Associação Brasileira da Piscicultura (PeixeBR), Francisco Medeiros. 

Exportações de produtos da piscicultura brasileira, janeiro à março 2016-2020 (em toneladas e US$):

Esses dados são de uma análise periódica sobre o comércio exterior da piscicultura com foco nas exportações do país, que será elaborado a cada trimestre pela Peixe BR e pela Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas, TO). O material será divulgado com base nos números do Comex Stat, portal de dados ligado ao Ministério da Economia. O primeiro relatório é possível encontrar no Informativo de Comércio Exterior da Piscicultura – trimestre 01/2020.

Confira abaixo a notícia na TV:




Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS