Loader

China e EUA firmam acordo contra o aquecimento global

Os dois países são os maiores emissores de gases que provocam o efeito estufa

Por FishTV - 14/11/2014 em Notícias / Meio Ambiente

Na quarta-feira, 12 de novembro, em Pequim, China e Estados Unidos estabeleceram novos objetivos de redução da poluição. Esta é a primeira vez que a China se compromete em estabelecer uma data para o teto, que deverá ser reduzido de maneira progressiva.

A China, o principal emissor mundial, responsável por 29% das emissões de gases no mundo, fixou a meta de alcançar um teto nas emissões até 2030. Já os Estados Unidos se compromete em reduzir de 26% a 28% as emissões até 2025. 

Em 2015, acontece a conferência do clima de Paris, onde os países devem assinar um acordo global. A meta do encontro é obter um acordo mundial para limitar o aquecimento global a 2°C. Meta estabelecida para evitar problemas em grande escala no clima, o que significaria uma redução dos recursos, conflitos, a elevação do nível dos oceanos e a extinção de espécies, entre outros efeitos nocivos. Porém cientistas afirmam que as medidas adotadas pelos países são insuficientes para limitar a dois graus o aumento da temperatura global.

Estados Unidos e China, juntos representam 45% da emissão mundial de CO2, um dos gases apontado como causador das mudanças climáticas. A União Europeia representa 11%, e no mês passado, se comprometeu em reduzir pelo menos 40% das emissões até 2030.


Fonte: UOL

Imagem: Reprodução/Pixabay

MAIS NOTÍCIAS