Loader

Vale a pena compartilhar: Salas de quimioterapia se transformam em `aquários` no Rio

Seis unidades do Rio recebem 2 mil crianças e adolescentes ao ano. Design do fundo do mar estimula os pacientes no tratamento, diz médico

Por FishTV - 16/12/2015 em Notícias / Geral


A criação de um espaço alegre e lúdico para crianças e jovens em tratamento contra o câncer tem incentivado os pacientes a enfrentar doença, é o que acreditam 88% dos profissionais da saúde de acordo com uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto Desiderata. A estratégia de ambientação do Aquário Carioca foi criada há oito anos. 

O oncologista pediatra, Dr. Fernando Werneck, que trabalha no Aquário do Hospital Federal dos Servidores, afirma que os hospitais que possuem os Aquários trazem o bem-estar dos pacientes e o entusiasmo da equipe médica. "As crianças se sentem bem, elas têm prazer de ir para o hospital porque vão ter coisas que vão gradar ela bastante", disse Werneck.

Seis hospitais receberam o projeto

Em oito anos, foram criados seis projetos de ambientação de Aquários Cariocas. Em 2007, o Hospital Federal dos Servidores do Estado recebeu o primeiro Aquário Carioca, iniciativa do Instituto Desiderata com recursos de doadores individuais, que transformou a sala de quimioterapia pediátrica em um cenário mágico de fundo do mar.

 No mesmo ano, o Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira do Centro de Ciências da Saúde da UFRJ (IPPMG/UFRJ) receberia o segundo Aquário Carioca. Já em 2008, foi a vez do Hemorio sediar a Hospedaria Juvenil, projeto em que enfermarias exclusivas para adolescentes são customizadas com games, internet e design próprios. Em 2010, o Hospital Federal da Lagoa ganhou o terceiro Aquário Carioca.


Dois anos depois, em 2012, o Hospital Municipal Jesus recebeu o Submarino Carioca, uma sala de exames customizada em fundo do mar com um tomógrafo que se transformou em um grande submarino amarelo. No ano seguinte, o Hemorio ganhou um Aquário Carioca, o quarto doado pelo Instituto Desiderata em parceria com empresas e pessoas físicas. No total, Aquário e Hospedaria recebem em torno de duas mil crianças e adolescentes ao ano. Já o Submarino totaliza 3.321 tomografias de julho de 2012 até junho de 2015.

Fonte:  Portal G1




Avalie esta noticia:

MAIS NOTÍCIAS