Os impactos da quarentena estendida em São Paulo para a pesca

Parque Maeda inova com a instalação de álcool e gel que é acionado com os pés

Por Laís Vanessa - 17/05/2020 em Notícias / Geral - atualizado em 18/05/2020 as 13:35

O adiamento da flexibilização para serviços considerados não essenciais no Estado de São Paulo por conta do aumento dos números de contágio pelo Covid-19 mexeu com o mercado da pesca esportiva. O presidente da Federação Paulista de Pesca Esportiva, Ivan Miraldo, conta que todos os serviços de pesca estão fechados para o público. “Não está permitido o atendimento nesse momento. Muitos pesqueiros e pousadas estavam se adequando com todos os cuidados quanto a higienização e distanciamento entre os pescadores. Mas, com essa determinação, vão ter que esperar um pouco mais para reabrir. Ao que tudo indica, em junho, vamos ter uma melhora com a flexibilização dos serviços. Sei que estão todos ansiosos para trabalhar e pescar. E vamos voltar, mas com saúde”, destaca. 

 

E por falar em voltar com saúde, o Parque Maeda, por exemplo, apesar de não poder abrir as portas nesse momento, inovou e instalou painéis de álcool em gel que podem ser acionados com os pés. Medida que visa garantir a segurança de todos que circularem pelo local, evitando o risco de contágio ao dispensar o uso das mãos para extrair o gel. “No total, foram fixados 10 painéis que possuem, ainda, caráter de conscientização ao orientar e incentivar o uso do álcool por meio de frases e imagens ilustrativas. Além dos painéis, o parque disponibilizou, para uso à vontade de colaboradores e frequentadores, frascos de álcool em gel espalhados por diversos pontos”, conta Fernando Maeda, um dos proprietários.



 

Além disso, o empreendimento fez uma surpresa para os clientes. “Estamos vendendo antecipadamente nosso passaporte ‘day use’ com valor promocional e prazo de validade estendido. O passaporte poderá ser usufruído até 31 de março de 2021 em um sábado, domingo ou feriado. Parte da renda obtida com as vendas será revertida ao Fundo Social de Solidariedade de Itu”, ressalta. Neste momento, o Parque enviou um pedido de autorização para a prefeitura da cidade de Itu para reabertura, operando apenas pesca e com número limitado de pescadores. 


O novo decreto vem alterando também a programação das competições. Esse é o caso do 2º Torneio de Pesca Esportiva de Tucunaré de Avaré. Paulo Rogério Ferreira Dos Santos, o Paulão, assim conhecido o organizador do evento, contou que devido ao decreto transferiram a data. “O evento era nos dias 4 e 5 de abril. Com a pandemia transferimos para os dias 6 e 7 de junho. E agora, com a prorrogação da quarentena, achamos melhor remarcar para os dia 5 e 6 de setembro”, informa. 

 

O decreto de São Paulo vai até o dia 31 de maio. A princípio, se o número de contágios cair, tudo indica que logo terá uma flexibilização dos serviços e os pescadores poderão desfrutar do prazer de pescar e soltar. Mas, fica a dica: se cuidem e sigam as recomendações de saúde. Com consciência, mais rápido a pesca vai voltar a fazer parte das nossas vidas.


Veja a notícia na TV: 

 



Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS