Governo do Mato Grosso inicia obras na Baía de Chacororé

Obras de recuperação serão realizadas ao longo da rodovia Estirão Comprido

Por Alison Mota - 16/02/2021 em Notícias / Geral - atualizado em 16/02/2021 as 18:59

Desde o início do mês de fevereiro, a Baía de Chacororé, que fica na cidade mato-grossense de Barão de Melgaço, passa por um processo de recuperação. As obras são tocadas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), com a ação fazendo parte de uma força tarefa governamental para proteção do meio ambiente e garantia da planície inundada. Todos os trabalhos são supervisionados por técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

As obras serão realizadas ao longo de uma rodovia municipal conhecida como Estirão Comprido, local onde ficam os mais importantes corixos que levam água para a Baía de Chacororé e de Siá-Mariana. Com o serviço feito, a ideia é tratar as possíveis causas da diminuição do nível das águas da baía, além de recuperar as condições ambientais do lugar. O trabalho que teve início faz parte de um relatório técnico já apresentado ao Ministério Público do Estado (MPE), sendo resultado de vistorias realizadas por engenheiros do Sinfra, profissionais do Sema e da Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa.

As intervenções realizadas pela Sinfra serão em 13 pontos ao todo, assim como na rodovia MT-040. Os locais citados ficam entre a Baía de Chacororé e o rio Cuiabá e a nordeste da Baía, regiões que têm influência nas mudanças da dinâmica hídrica superficial e subsuperficial, ou seja, que possuem ligação direta na diminuição do volume das águas na Baía de Chacororé.

Foto: Sinfra-MT/Sema-MT

Marcelo de Oliveira, secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, explica que serão realizadas obras de retirada de estruturas de aterros e de matérias orgânicas que bloqueiam as drenagens de curso d’água superficiais, também serão limpos os bueiros para que haja melhora na transposição do rio, tornando o sistema mais eficiente. Os desvios feitos na rodovia municipal por conta da instalação de uma antiga ponte serão removidos, e as estruturas de drenagem e os bueiros da MT-040 serão limpos para melhorar o fluxo de água.

Com os trabalhos realizados até o momento, o secretário espera que a região já tenha bons ganhos prévios. “Durante a vistoria, a Sinfra identificou que os canais e corixos não tem grande quantidade de água agora. Mas quando voltar a chover e ter água isso vai ajudar a aumentar o fluxo para chegar na Baía de Chacororé. São ações emergenciais que estamos realizando agora”, diz.

De acordo com a superintendente Ambiental de Obras da Sinfra, Nadja Felfili, todo o material do aterro coletado nos desvios será usado em reparações do encabeçamento das pontes, otimizando o serviço e melhorando as estruturas. A previsão de conclusão dos trabalhos segue sendo o mês de fevereiro.

Fonte: Secom-MT

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS