Companhias aéreas confiam na biossegurança dos aviões

Líderes das companhias garantem que não há perigo de contaminação

Por Alison Mota - 05/10/2020 em Notícias / Geral - atualizado em 08/10/2020 as 16:22

A pandemia causada pelo novo coronavírus modificou diversas situações no nosso dia a dia, principalmente quando falamos sobre os cuidados sanitários. Estabelecimentos nos oferecem medição de temperatura, álcool em gel para a desinfecção das mãos e máscaras cobrem o rosto para evitar dispersão do vírus. Em viagens terrestres, normalmente temos a possibilidade de abrir as janelas para ventilar o interior do veículo, mas como ficam as viagens aéreas? Bom, as companhias aéreas confiam plenamente na biossegurança de suas aeronaves.

O assunto se tornou pauta em um painel em que estiveram presentes os líderes das principais empresas de avião civil nacional. De acordo com os presidentes de Azul, Gol, Latam e VoePass há evidências suficientes para provar que é completamente seguro viajar, ainda que estejamos vivendo o período pandêmico. Entre os principais argumentos estão a filtragem do ar que circula dentro do avião, que não favorece que as partículas virais se desloquem entre fileiras de passageiros, com a filtragem sendo feita a cada três minutos. Com o uso de máscaras a bordo, aumenta a segurança.

Outro fator lembrado é que, na aviação mundial, os cuidados com o interior das aeronaves e sua biossegurança sempre foram realizados como procedimentos de rotina, com a realização de limpeza em cada aeroporto onde o avião pousa. Os aeroportos também estão engajados na segurança sanitária de seus frequentadores e funcionários, colaborando para que não haja a dispersão do vírus dentro de seus espaços. Na hora do check-in, os aplicativos para celular e totens de autoatendimento evitam que haja aglomerações em extensas filas.

Já se sente mais seguro? Esperamos que as suas próximas viagens aéreas sejam excelentes e você não perca a chance de se deslocar por via aérea, seja a trabalho ou para aproveitar aquela sua pescaria agendada há algum tempo.

Veja a notícia na TV:


 

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS