Loader

Água-viva desafia regras biológicas

Estudante alemão descobre animal que não pode morrer por causas naturais

Por FishTV - 11/12/2014 em Notícias / Geral

Com capacidade de regeneração extremamente alta, a espécie de água-viva Turritopsis nutricula, não perde a vida por causas naturais. Dado como imortal, o animal só pode morrer se for completamente destroçado.

O bicho foi descoberto em 1988 pelo estudante alemão de biologia marinha, Christian Sommer, na Riviera Italiana. Depois de examiná-la por alguns dias, Sommer percebeu que a água-viva se recusava a morrer, regredindo ao seu estado inicial de desenvolvimento até recomeçar o ciclo de vida outra vez, sucessivamente, como se passasse por um processo reverso de envelhecimento.

Água-viva foi descoberta em 1988 pelo estudante alemão de biologia marinha Christian Sommer. (Imagem: Reprodução/Mar Sem Fim)


De acordo com novos estudos, ela começa a rejuvenescer quando está sob estresse ou ataque. Nesse período, o organismo passa pelo processo de transdiferenciação celular, ou seja, evento incomum no qual um tipo de célula se transforma em outro, como ocorre nas células-tronco humanas.


Fonte: Mar Sem Fim 

Fases de desenvolvimento da água viva. (Imagem: Reprodução)

MAIS NOTÍCIAS