Campo Limpo de Goiás sedia maior campeonato de pesca esportiva de GO

Campeonato Goiano em Pesqueiros classifica para a competição nacional. Premiação final chega a 100 mil reais

Por FishTV - 24/07/2019 em Notícias / Fish TV - atualizado em 30/07/2019 as 16:12

O Campeonato Goiano em Pesqueiros, realizado pela Fish TV, é a maior competição de pesca esportiva de Goiás e tem como objetivo promover o lazer e difundir o pesque e solte. O evento, que está na segunda edição, vai acontecer nos dias 01 e 02 de fevereiro de 2020 no pesque e pague Paraíso Verde, em Campo Limpo de Goiás.

As duas datas consistem em etapas classificatórias para o Campeonato Brasileiro em Pesqueiros (CBP), cuja Final vai ocorrer na cidade de Itu, em São Paulo, em 28 março de 2020. A viagem dos competidores classificados será custeada pela Fish TV.

Além de Goiás, outros cinco estados do Brasil vão sediar campeonatos regionais. Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e São Paulo também terão provas classificatórias.


Etapas classificatórias

As etapas goianas são independentes, e em cada uma delas se classificam as duas duplas que pescarem o maior somatório de peixes (em peso) e a dupla que capturar o peixe mais pesado. Da mesma forma, a dupla que se inscrever em um dia de prova não participa automaticamente do outro, a menos que faça uma segunda inscrição.

O grande prêmio para a dupla campeã do CBP é de 100 mil reais em dinheiro. O segundo e o terceiro lugar ganham, respectivamente, uma viagem à Amazônia e à Argentina com tudo pago pela Fish TV. Além disso, a dupla que pescar o maior peixe da competição leva para casa 10 mil reais em dinheiro.



Troféus do primeiro Campeonato Goiano, em 2018. Foto: Divulgação/Fish TV

As vagas para o Campeonato Goiano já esgotaram. Mas os interessados ainda podem competir nos outros estados e mesmo acompanhar as provas nos dias do evento.


Serviço

O quê? Campeonato Goiano em Pesqueiros
Quando? 01 e 02 de fevereiro de 2020
Onde? Pesqueiro Paraíso Verde, Campo Limpo de Goiás/GO

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS