Betinho ensina: Tuvira de Kraft Fur

Aprenda a fazer o atado que captura dourados, cachorras, trairões e diversos outros peixes

Por Betinho Oliveira - 01/10/2019 em Notícias / Fish TV - atualizado em 07/10/2019 as 14:43

Sempre que falamos em fazer uma isca imitando tuvira, o primeiro material que nos vem à cabeça é a tira de pele de coelho, mais conhecido como zonker. No entanto, com a evolução dos materiais sintéticos, o Kraft Fur, que é uma variedade de pelúcia com pelo longo, ganhou bastante destaque para esse tipo de isca.


É muito comum na pesca com moscas, os pescadores se referirem a este tipo de isca como Leech, que significa lesma ou sanguessuga. Talvez por não conhecerem nossas tuviras. No entanto, o mais provável deve-se a grande quantidade de espécies de leeches existentes, são mais de 700 espécies conhecidas sendo 100 marinhas, 90 terrestres e o restante em água doce (lagos e rios).

A tuvira, também é conhecida como peixe espada, sarapó, carapó, ituí e morenita (na Argentina).


É uma isca recomendada para pescar dourado, cachorra e trairão, mas nada impede de pescar traíras, tarpons, robalos ou trutas. Apenas ajuste o tamanho da isca e a resistência dos materiais conforme o peixe.

Material


Anzol: 4/0 de haste curta e reforçado

Rabo: tira de kraft fur (cortada com  bisturi ou lâmina afiada).

Brilhos e acabamento: Glimmer flash vinho com preto e dourado.

Ruído: ratlin caseiro.

Lastro: fio de chumbo 1 mm e olhos de corrente.

Veja como é fácil fazer a isca e o ratlin caseiro (Dica do atador Luizinho H. Santos)

Confecção e material para o ratlin


Caninhos de pirulito ou hastes flexíveis

Esferas de aço 1 mm.

Com um isqueiro, derreta uma das pontas e pressione levemente para fechar o orifício. Acrescente em torno de 10 esferas e repita o processo para fechar a outra extremidade. Para facilitar a amarração na haste do anzol, utilize o corsair para abrigar o conjunto no interior. Basta fechar as extremidades com a linha de atar.

Passo a passo:

Passo 1: Amarre os olhos de corrente perto do olho do anzol. Enrole algumas voltas do fio de chumbo e prenda o conjunto com o ratlin.


Passo 2: Acrescente brilhos com o Glimmer flash envolvendo o ratlin e a haste do anzol.


Passo 3: Amarre a tira de kraft fur próximo ao olho do anzol.


Dica importante: Se pretende pescar dourado, cachorra, trairão ou outro predador que exija uma isca mais volumosa, corte o Kraft fur em tiras de no mínimo 1 cm de largura.

Passo 4: Finalize a isca amarrando o glimmer flash escuro no dorso, laterais e por dentro do gap. Evite comprimento exagerado. 


Variações de streamers com pele de coelho (zonker)

Com prolongamento e 2º anzol


Coloridos e variados


Todos os materiais para confeccionar esse atado estão disponíveis na minha loja, Betinho Fishing & Adventures. Se houver qualquer dúvida, pode entrar em contato comigo pelo e-mail betinhoflyeco@uol.com.br ou telefone 11 3819-8424 e ver mais dicas minhas no site www.betinhofly.com.br

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS