Campeonato Brasileiro em Pesqueiros: o que esperar das próximas etapas?

Confira a retrospectiva das primeiras etapas e a previsão de nossos narradores e comentaristas para as próximas

Por Matheus Ferreira - 10/01/2020 em Notícias / Competições - atualizado em 10/01/2020 as 12:24

As primeiras três etapas do Campeonato Brasileiro em Pesqueiros, que ocorreram no final do ano passado, foram um sucesso. Muita ações e peixes grandes fizeram parte de provas incríveis. Os primeiros classificados foram conhecidos e carimbaram suas passagens para a grande final em São Paulo. Na próxima semana, já temos a próxima etapa, o Campeonato Mineiro em Pesqueiros. Mas antes vamos relembrar como foram as três primeiras?

No Rio Grande do Sul, Gilson e Gabriela formaram a dupla que somou a maior quantidade de peso entre os dois dias. Os irmãos foram campeões  Gaúchos com 35,6 quilos pescados no primeiro dia. Já na etapa catarinense, a dupla que somou o maior número de quilos de peixes, consagrando-se a dupla campeã de Santa Catarina, foi Inácio e Noni. Eles conseguiram pescar mais de 182 quilos. Na etapa paranaense, os campeões foram Rafael e Rodrigo, que somaram, ao total, 40,4 quilos de peixe. 

E os três primeiros meses de 2020 começam agitados para a pesca esportiva. Em janeiro, mais precisamente nos dias 18 e 19, acontece o Campeonato Mineiro em Pesqueiros. Em fevereiro, dias 1 e 2 acontece o Campeonato Goiano em Pesqueiros e, nos dias 15 e 16 de fevereiro e 29 de fevereiro e 1º de março, o Campeonato Paulista em Pesqueiros. O calendário completo você pode conferir no site do campeonato.

Confira o que dizem nossos narradores e comentaristas sobre as próximas etapas estaduais:



“A partir de agora o Campeonato Brasileiro muda um pouco de cenário. Vamos para regiões mais quentes e onde há presença de peixes amazônicos, como Pirararas e Tambaquis, que atingem com maior facilidade tamanhos expressivos. Chegou a hora dos gigantes no CBP”.



“A grande surpresa em Minas é pelo tamanho de remanejamento de peixes feito na arena. Exemplares grandes! A aposta ainda é nas grandes Pirararas. Pode ser a arena que terá a maior somatória de todo campeonato superando Santa Catarina e São Paulo. Goiás e São Paulo prometem grandes peixes, com os redondos aparecendo muito bem”.



“As próximas etapas irão ocorrer em regiões mais quentes, e de pesca mais frequente. Terão peixes maiores, pois o inverno é menos presente. Promete grandes emoções e muitas fisgadas, e possivelmente o recorde de maior peixe para estas próximas etapas”.



“Uma boa dica é prestar atenção no comportamento de cada arena. Na arena do Unipesca se destacam mais as pescarias de massa no fundo ou meia água. No Paraíso Verde temos um lago muito profundo, então deve-se usar mais iscas de meia água e naturais. Já no Parque Maeda, destaco iscas de profundidade e também na superfície, sendo mais variado”.


Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS