Poluição pode provocar mudanças no DNA humano

Voluntários ficaram expostos a ambientes com poluição semelhante à de grandes cidades

Por FishTV - 09/02/2015 em Notícias / Meio Ambiente

Através de um estudo feito na Universidade de British Columbia, no Canadá, o cientista canadense Chris Carlsten descobriu que as partículas poluidoras presentes no ar causam mudanças diretas no DNA humano. 
 
Durante o estudo, foi criado um ambiente poluído com fumaça de combustão de diesel, semelhante ao ar de uma cidade como Pequim, na China, onde voluntários ficaram expostos durante duas horas. Neste tempo os participantes realizaram atividades normais. Segundo o pesquisador o tempo do experimento foi bem pequeno, comparado à população das cidades que permanecem expostas a poluição durante 24 horas por dia. 

Cidade de Pequim é uma das mais poluídas do mundo. (Imagem: Reprodução/Feng Li/Getty Images)


As amostras de sangue coletadas mostraram alterações nos padrões de metilação do DNA, que é uma camada molecular que funciona como interruptores de luz girando os genes.  A experiência de mostrou que, em apenas duas horas de exposição à poluição, 400 dos 50 mil genes humanos, foram metilados de forma diferente. "Se isso vir a ocorrer cronicamente ao longo de anos, podem ocorrer efeitos biológicos acumulados graves", explicou o cientista.

Voluntários ficaram expostos a um ambiente poluído com fumaça de combustão de diesel. (Imagem: Reprodução/Don Erhardt/UBC Faculty of Medicine)


Agora o próximo passo é analisar mais profundamente os genes coletados e verificar se a sua atividade ou inatividade está relacionada a alguma doença, para encontrar meios de intervir em suas reações ou prevenir efeitos futuros.


Fonte: Ciclo Vivo

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS