Loader

Futuro da pesca esportiva em debate

Evento na cidade de Orindiuva debateu mudanças e projetos para municípios da região do Rio Grande, nos limites de São Paulo e Minas Gerais

Por FishTV - 28/11/2016 em Notícias / Meio Ambiente

A pesca esportiva foi destaque na cidade de Orindiuva, com o 1º Workshop para Desenvolvimento do Turismo de Pesca Esportiva da Região do Rio Grande, realizado no dia 25 de novembro, na Pousada do Pintado. Evento contou com participação de 17 cidades, entre autoridades dos municípios da região, dos Estados de São Paulo e Minas Gerais, do Governo Federal, das áreas do meio-ambiente, turismo e pesca, assim como empresas do setor e pescadores esportivos.

O principal objetivo do evento foi à apresentação, discussão e planejamento de alternativas sociais e econômicas para o desenvolvimento sustentável da região, com base no turismo da pesca esportiva (pesque-e-solte). Outro ponto discutido foi à adequação e modernização dos destinos de pesca turística, além da qualificação dos profissionais envolvidos e a divulgação internacional do trabalho.

"Pensar no Rio Grande como um ecoturismo amplo, pois são vertentes que podemos explorar para que o turismo possa gerar renda e visibilidades ao publico. O turismo de pesca tem que se interagir com outras atrações para que a região ganhe espaço no Brasil e no mundo", ressalta Nelson Antônio Filho, proprietário da Pousada do Pintado.

"Precisamos mudar a conscientização da forma de fazer o turismo de pesca no Estado de São Paulo. São requisitos básicos que precisamos nos organizar com a base do turismo geral, para que isso seja regulamentado de forma correta na lei estadual e federal. Estamos buscando parcerias no desenvolvimento de projetos para ampliar o turismo de pesca no Estado de São Paulo", diz o deputado estadual de São Paulo Sebastião Santos.

Segundo o Presidente da Associação Nacional de Ecologia e Pesca Esportiva (Anepe), Antônio Carlos Araújo, o foco do Workshop foi para debater grandes ações em prol do turismo de pesca e ampliação de projetos aos municípios da região do Rio Grande. "O principal elemento que impulsiona o turismo de pesca é conscientização da própria população e das autoridades da região que juntos podem proporcionar a população mecanismos inteligentes, para geração de renda ganho social e proteção ambiental. A Anepe tem esse objetivo de difundir a importância do peixe vivo e do pesque e solte", explica.

MAIS NOTÍCIAS