Loader

Fenômeno no Pacífico reduz chuvas durante o verão no Brasil

Fase fria do oceano está no auge e provoca mudanças climáticas no mundo todo

Por FishTV - 14/01/2015 em Notícias / Meio Ambiente

A queda na temperatura da porção Norte do Oceano Pacífico acontece a cada 50 ou 60 anos e afeta o padrão climático de praticamente todo o mundo, provocando diferentes consequências em cada região. No Brasil o fenômeno tem provocado a distribuição irregular das chuvas. Fato que também afeta regiões da América do Norte, em especial a Califórnia, que enfrenta a pior estiagem em 1,2 mil anos.

Queda na temperatura no Norte do Oceano Pacífico acontece a cada 50 ou 60 anos.(Divulgação/NASA)


O fenômeno chamado Oscilação Decadal do Pacífico (PDO, na sigla em inglês) se caracteriza pela alternância entre fases quentes e frias na área tropical e subtropical do Oceano Pacífico, principalmente no Hemisfério Norte. Atualmente, o oceano está no auge da fase fria. Cada ciclo dura de 25 a 30 anos.

Na última fase fria, entre o fim dos anos 50 e início dos anos 60, o Brasil enfrentou quatro anos seguidos de verões secos. Caso o padrão se repita, as chuvas só voltarão ao normal em 2016. Desde 2012, quando a fase fria no Pacífico chegou ao seu auge, o Brasil passa por verões com poucas chuvas. Porém o que deixa de chover em um mês é compensado nos meses seguintes. 

Seca na região Sudeste do país tem relação com o fenômeno no Oceano Pacífico. (Imagem: Uol/Luis Moura/O Globo)


As fases frias da PDO estão associadas a manifestações fracas do El Niño. Para este ano, estava previsto um El Niño que elevaria a chuvas um pouco acima do normal nas regiões Sul e Sudeste no início de 2015. Porém, a temperatura do oceano na região equatorial ainda está em condições neutras. Até agora, o El Niño não se formou.


Fonte: Agência Brasil
Avalie esta noticia:

MAIS NOTÍCIAS