Loader

Um final de semana para apreciar as carpas japonesas

A 34ª Exposição Brasileira de Nishikigoi acontece nos dias 16 e 17 deste mês

Por FishTV - 08/05/2015 em Notícias / Competições

Padronagem, formato, cores e variedade de estampas. Essas são características das carpas nishikigois, que surgiram na região de Niigata, no Japão, através da mutação genética das carpas comuns, de cor cinza. Diversos peixes dessa espécie estarão reunidos nos dias 16 e 17 de maio, no Parque Dr. Fernando Costa, conhecido como Parque da Água Branca, em São Paulo. É que o local recebe a Exposição Brasileira de Nishikigoi, que neste ano chega na 34ª edição. 

As carpas são consideradas `jóias vivas que nadam` pelos japoneses e podem viver em média 70 anos. (Imagem: Reprodução)


O objetivo do evento - organizado pela Associação Brasileira de Nishikigoi - é atrair hobistas e tirar dúvidas daqueles que desejam conhecer mais sobre a raça.  A exposição reserva várias atrações. Na sexta-feira, no dia 16, acontecerá o julgamento da competição, que terá na disputa cerca de 250 carpas de expositores ligados à associação. Neste dia, o local é aberto apenas para os participantes. A premiação será entregue na abertura oficial da exposição, que acontece às 9h de sábado, dia 17. No final de semana o evento é aberto ao público de forma gratuita. 

O sábado e o domingo prometem encantar os visitantes. Haverá a presença de criadores vendendo carpas, estandes de marcas de ração, material para lagos e alimentação oriental. Um dos destaques é uma palestra sobre a diferença entre nishikigois e carpas coloridas, que será ministrada pelo zootecnólogo Marcelo Assano. 

No final de semana, o evento é aberto para o público de forma gratuita. (Imagem: Divulgação)


Confira os horários do evento: 
Dia 16, sábado - 9h às 17h 
Dia 17, domingo - 9h às 16h 

Endereço: Av. Prof. Francisco Matarazzo, 455 - zona Oeste - São Paulo (próximo à estação Barra Funda do metrô).

A expectativa da organização é que passem pelo evento aproximadamente cinco mil pessoas. "Esperamos um grande número de visitantes, assim como aconteceu nas edições anteriores. O bacana é que o local reúne informações e cultura japonesa. Dessa forma, mais pessoas se interessam por essa espécie de peixe e sempre estamos abertos a receber mais associados", ressalta Lonney Onishi, presidente da Associação Brasileira de Noshikigoi e juiz da competição neste ano. 


Fonte: Associação Brasileira de Nishgikigoi 

MAIS NOTÍCIAS