Campeonato Brasileiro em Pesqueiros: confira como foi a etapa mineira da competição

Mais seis duplas se classificaram para a final, que ocorre no Parque Maeda em 2020

Por Matheus Ferreira - 21/01/2020 em Notícias / Competições - atualizado em 21/01/2020 as 17:42

O Uni Pesca Esportiva, que fica na cidade de Uberlândia, Minas Gerais, recebeu as duas etapas mineiras do Campeonato Brasileiro em Pesqueiros no último fim de semana, dias 18 e 19 de janeiro. A competição contou com 2,3 toneladas de peixes pescados e devolvidos para a água, no primeiro dia foram 966,1 quilos e no segundo foram 1,4 toneladas.

A dupla que somou o maior peso de peixes pescados em todo o Campeonato Estadual, e sagrando-se a dupla campeã Mineira em Pesqueiros foi Rafinha e Thiago. Os grandes campeões somaram, ao total, 173,8 quilos de peixe no segundo dia. “Chegamos no sábado para assistir ao primeiro dia e logo que chegamos notamos que o lago tinha matrinxãs, o que iria dificultar nossa pescaria pois estamos acostumados com boia cevadeira. Mudamos nossa técnica, colocamos um chicote mais longo e conseguimos pegar algumas pirararas. No final, pontuamos bastante e deu tudo certo”, comenta Thiago.

Arthur Cruvinel, primeiro colocado na primeira etapa ao lado de Evandro Teodoro, fala sobre as dificuldades enfrentadas. "Tivemos um pouco de dificuldade com o clima e com os matrinxãs, mas felizmente conseguimos um bom resultado, ficando com a primeira colocação". Ele ainda comenta sobre a preparação para a final. "Como não conhecemos o Parque Maeda, pensamos em ir dias antes para treinar. A expectativa é muito boa! Sempre tive o sonho de pescar no Maeda e agora posso realizá-lo. Quem sabe faturando o título de Campeão Brasileiro em Pesqueiros?", conclui Cruvinel.


A grande atração do Campeonato Mineiro foram os pirarucus. Foram vários gigantes que tiraram o fôlego dos espectadores. “Os pirarucus trouxeram mais emoção à competição. São peixes muito fortes e grandes, sendo que o maior peixe bateu 42 quilos, o maior da história do CBP. Já havia saído um pirarucu de 41 quilos e, quando nós achávamos que este seria o maior, saiu outro de 42 quilos, o que causou a mudança nas primeiras colocações”, conta o narrador do Campeonato, Kleber Sanches

O narrador ainda comenta sobre a emoção do final da segunda etapa, que teve um pirarucu como protagonista. “Os pescadores descobriram que era um pirarucu e todo mundo ficou na torcida. Foi emoção até o final e acabaram retirando o peixe da água, sendo o maior do dia, com 35 quilos”. 
Confira as duplas classificadas que irão representar Minas Gerais na grande final do Brasileiro: 


Classificados 18/01

1º lugar: Arthur e Evandro

Peso: 58,7kg

2º lugar e maior peixe: Alexandre e Edu Xavier

Peso:  52,2 kg

3º lugar: Juliana e Rogério

Peso: 47,4 kg

 

Classificados 19/01

1º lugar e campeões Mineiros em Pesqueiros: Rafinha e Thiago

Peso: 173,8 kg

2º lugar: Fernando e Giovani Souza

Peso: 89,2 kg

Maior peixe: Getúlio e Ruiter

Peso: 35 kg

 

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS