Pesca de praia: 3 peixes que você pode capturar no mar

Saiba mais sobre os exemplares que você encontra na pesca de praia

Por Ester Quaresma - 01/11/2019 em Notícias / Clube Fish TV

Nós já falamos aqui sobre as iscas naturais que você pode usar na pesca de praia. E assim como existe uma grande variedade de iscas para a pescaria no mar, o número de espécies também é grande. Separamos para você três dos troféus mais capturados no litoral. Confira a lista:

Papa-terra ou betara (Menticirrhus spp)

Comum em todo o litoral brasileiro, o papa terra é uma das espécies mais conhecidas entre os pescadores de praia.

Vivendo em canais que se formam na costa, o papa-terra vasculha o fundo arenoso do local em busca de camarões, tatuís, corruptos e minhocas da praia. Ou seja, essas são boas iscas para capturar esse peixe!

Com corpo alongado e coloração prateada, esse peixe alcança 60cm e 1,5kg. Apesar do pequeno porte é capturado por diversos pescadores, já que é abundante em todo litoral.

Com hábitos diurnos, esse peixe passa bastante tempo em busca de comida e é considerado bastante ativo e briguento.

Pampo (Trachinotus spp)

Espécie que também pode ser capturada em todo o litoral brasileiro, o pampo vive em costões e praias, entre a superfície até trinta metros de profundidade.

E quando a temperatura sobe, ficam nas zonas de arrebentação, onde as ondas estouram, pois o fundo é revirado e seu alimento fica exposto.

Um peixe de escamas pequenas, corpo alto e arredondando, se alimenta de crustáceos, peixes e moluscos e pode alcançar até 4kg.

Apesar de pequena, essa espécie proporciona boas brigas, já que tem bastante força e costuma dar ótimas corridas. Dependendo do tamanho do exemplar, ele pode tomar bastante linha durante a captura.

Quando pescados com iscas naturais, a dica é usar pedaços de camarões, corruptos, sarnambis e tatuíras.

Já quando utilizada isca artificial, o ideal é apostar em metal jigs, shads, camarões artificiais com jig head e jigs de penas, de preferência sempre perto de lajes e ilhas.

Corvina (Micropogonias sp)

Conhecidas por brigar bastante, as corvinas costumam tomar muita linha.

Com um corpo alongado, robusto e focinho arredondado, esse peixe possui coloração prateada a marrom, com reflexos dourados.

Apesar de viverem em águas costeiras entre um e cem metros de profundidade, esses exemplares também podem ser encontrados em águas salobras, estuários e rio costeiros.

Se alimentando de camarões, moluscos e pequenos peixes, a corvina pode ser capturada com isca natural como camarões, ou até mesmo camarões artificiais e jumping jigs.

Esse peixe pode atingir 80 cm de comprimento e pesar até 6 kg.

E aí, bora botar essas dicas em prática e capturar esses exemplares?

E para se preparar ainda mais para essas pescarias você pode conferir a playlist exclusiva do Clube Fish TV: Praia e Costeira

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS