Loader

Lontras ganham novo refúgio em Florianópolis

Espécie é preservada na capital catarinense desde 1986

Por FishTV - 18/11/2014 em Notícias / Meio Ambiente

Comemorando 28 anos em 2014, o Projeto Lontra conta com novo refúgio animal no Centro de Pesquisa, Conservação e Educação Ambiental em Florianópolis. O espaço, inaugurado no sábado (15) pelo Instituto Ekko Brasil (IeB), fica na Lagoa do Peri e vai oferecer cursos de formação e capacitação comunitária, bem como trilhas educativas.

Desde 1986, o projeto tem como objetivo preservar integrantes da família Mustelidae em Florianópolis e no Pantanal do Mato Grosso do Sul. A sede do projeto na capital catarinense se localiza ao Sul da Ilha de Santa Catarina. O local oferece atividades voltadas para o ensino e educação ambiental. O foco é capacitar multiplicadores de ações, visando à preservação da espécie.
Com o novo refúgio, segundo o IeB, a unidade deve dobrar a capacidade de receber pessoas que, desde 2010, contabiliza mais de 10 mil visitas ao centro de conservação. De acordo com representantes da entidade, o público poderá fazer uma trilha de 200 metros e ver lontras, iraras e guaxinins através de visores instalados em locais específicos, que imitam o ambiente natural das espécies.

O instituto ainda afirma que o novo recinto foi criado com vidros reaproveitados de carros para montar os visores de observação. Sustentável, a estrutura tem também muros construídos de forma orgânica, sistema de telhado verde e madeiras de reflorestamento, além de iluminação natural.
Os interessados podem visitar o Centro de Pesquisa, Conservação e Educação Ambiental de Florianópolis de segunda à sexta-feira das 8h às 10h e das 14h às 18h. Nos sábados, domingos e feriados, as visitas devem ser agendadas com antecedência.


Fonte: G1 

Imagem: Reprodução/G1

Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS