Loader

Lista de animais ameaçados de extinção no Brasil tem 395 novas espécies

Número aumentou 75% entre 2003 e 2014

Por FishTV - 20/12/2014 em Notícias / Meio Ambiente

Divulgada na última quarta-feira (17) pelo Ministério do Meio Ambiente, a nova lista nacional de espécies ameaçadas de extinção, inclui 395 espécies, e 88 animais não fazem mais parte do grupo em risco de desaparecer da natureza. Ao todo o relatório possui 698 animais. 

A onça-pintada está na lista dos animais em risco de extinção. (Imagem: Reprodução/AMDA)


A lista é dividida em três categorias que vão orientar as ações de proteção do plano nacional de recuperação da fauna. O grupo que mais consta na lista foi o dos invertebrados terrestres, com 148 espécies, seguido das aves (100), dos répteis (62), mamíferos (55) e anfíbios (30). As aves são as mais ameaçadas, com 234 espécies na lista. 

Segundo o Ministério, uma das causas para o aumento no risco de extinção de espécies da fauna se deve à expansão agrícola e urbana, aos grandes empreendimentos e assentamentos, à poluição, às queimadas, ao desmatamento e às espécies invasoras.

Foram analisadas 12.256 espécies, numero 800% maior que o relatório anterior segundo o MMA. (Imagem: Reprodução/ICMBio)


Dados referentes às espécies de peixes ameaçados também foram divulgados. No total, 82 espécies de peixes ou invertebrados aquáticos saíram da lista dos ameaçados de extinção e 325 entraram na classificação, aumentando para 475 o número de espécies ameaçadas. O Ministério diz que o principal motivo para a ameaça às espécies de peixes continentais é a perda de habitat, enquanto o fator responsável para o aumento do risco às espécies marinhas é a sobrepesca.

Acesse a lista completa de espécies ameaçadas aqui

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

A baleia-jubarte, a arara-azul-grande e o uacari, saíram da lista de ameaçadas, e estão em recuperação da população.(Imagem: Reprodução/ICMBio)

MAIS NOTÍCIAS