Loader

Espécies em extinção: Piracanjuba

Peixe desapareceu de 97% de sua área de ocorrência original

Por FishTV - 16/04/2015 em Notícias / Meio Ambiente

O "peixe de cabeça amarela" como é chamada a piracanjuba (Brycon orbignyanus) na língua tupi, é um peixe migratório que habita os leitos dos rios do Pantanal Mato-grossense e nos rios e represas dos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e sul de Goiás, a piracanjuba também é encontrada nas bacias do Prata e bacia do São Francisco. As populações da espécie reduzem a cada ano, fazendo com que a espécie fique enquadrada como ameaçada na Lista de Espécies da Fauna Brasileira Ameaçadas de Extinção do ICMBio.

Espécie também é conhecida como salmão-do-paraná, devido a sua carne macia e rosada semelhante ao salmão. (Imagem:Arquivo/Fish TV)


Em 30 anos as populações de piracanjuba nos rios se reduziram a metade. A construção de barragens, a destruição do habitat e a pesca predatória foram as principais causas para o seu declínio. A área de ocorrência original do peixe era de 1 milhão de km², porém atualmente a piracanjuba só habita um pequeno trecho do alto do rio Paraná, em uma área de 25 mil km², cerca de 3% da sua extensão original. 

Espécie é listada como Ameaçada pelo ICMBio. (Imagem: Reprodução)


A piracanjuba é protegida por Instituições federais como a APA das Ilhas e Várzeas do rio Paraná e Parque Nacional de Ilha Grande. Também existem projetos de repovoamento da espécie em rios do estado de São Paulo. 

MAIS NOTÍCIAS