Loader

Rio Grande do Norte tem potencial mundial para geração de energia eólica

Estado fica no caminho do fenômeno bacia dos ventos

Por FishTV - 04/02/2015 em Notícias / Geral

O Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica no Brasil, sendo responsável por 30% da produção nacional, porém este potencial é muito maior que o utilizado atualmente. O estado é um dos locais com maior potencial eólico em todo o mundo.  

Potencial que pode ser explicado pela localização geográfica do estado. Por se encontrar na "esquina do continente", o RN fica no caminho do fenômeno chamado bacia dos ventos.

Estado é responsável por 30Ú produção nacional de energia eólica do país. (Imagem: Reprodução/Felipe Gibson/G1)


Atualmente o estado possui 67 parques eólicos, responsáveis pela produção comercial de 1,79 gigawatts de energia. No Brasil apenas 3,5% da energia produzida vem da força dos ventos, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A empresa francesa Voltalia, especializada em energias renováveis, foi uma das que mais investiu na região. Cerca de R$ 400 milhões já foram aplicados em 15 projetos adquiridos em leilões federais. Investimento que a empresa pretende expandir para R$ 2 bilhões. 

O fenômeno da bacia dos ventos, é uma formação regular de ventos que vem do Atlântico Sul, batem na costa africana e acabam na ponta do Brasil, exatamente onde está o RN. (Imagem: Reprodução)


Mesmo com todo este potencial o RN ainda sofre com a falta de estrutura para a produção de energia renovável e logística. Além da demora na entrega das linhas de transmissão de energia, a localização do porto de Natal dificulta o transporte de máquinas até os locais dos parques eólicos. 
Conforme o Plano Decenal de Expansão de Energia 2023, do Ministério de Minas e Energia, a produção por fontes renováveis (solar e eólica) devem crescer 8% nos próximos anos.


Fonte: G1

MAIS NOTÍCIAS