Loader

Procurando Dory e o dilema da preservação

Petição quer que Disney e Pixar protejam o peixe cirurgião-patela. Fãs querem que aviso seja exibido antes do filme

Por FishTV - 27/05/2016 em Notícias / Geral

Com a estreia de Procurando Nemo (2003), um efeito colateral que até contradiz a mensagem do filme foi observado: A demanda por peixes-palhaço para aquários aumentou significativamente. Agora, ativistas querem impedir que o mesmo ocorra com os peixes da espécie cirurgião-patela depois da estreia de Procurando Dory.

Uma petição foi lançada para solicitar que a Disney e a Pixar tomem precauções para garantir a segurança dos peixes, chamados de blue tang nos Estados Unidos, a mesma espécie da Dory. "Disney, diga aos fãs para procurar Dory, não comprá-la" é a mensagem principal. O objetivo é fazer com que a produtora faça um aviso educativo antes da exibição da animação nos cinemas.

"O mais recente filme da Disney, Procurando Dory, vai ameaçar a população de peixes da espécie cirurgião-patela ao menos que a Disney faça algo para protegê-los", diz o texto da petição. "Felizmente o peixe-palhaço pode ser criado em cativeiro, então o mercado os pode criá-los assim. Mas o peixe cirurgião-patela não pode ser criado assim, então não há como suprir uma demanda por eles sem retirá-los de seu habitat natural".

Segundo a organização Saving Nemo Conservation Fund, que milita para que peixes-palhaço não sejam retirados dos corais para serem vendidos como peixes de aquário, mais de um milhão de peixes da espécie são retirados de seus recifes por ano, fazendo com ele eles tenham sido extintos em algumas áreas das Filipinas e da Tailândia.

Procurando Dory estreia no Brasil dia 30 de junho de 2016.

Fonte: Portal Adoro Cinema

MAIS NOTÍCIAS