Loader

Ministério do Turismo emite comunicado com orientações sobre o Ebola

O objetivo é reforçar ações realizadas em escala mundial para conter o vírus Ebola, para oferecer uma resposta internacional coordenada para o setor de turismo.

Por FishTV - 30/10/2014 em Notícias / Geral

O Ministério do Turismo (MTur) emitiu no dia 29 de outubro, um comunicado reforçando as considerações dadas pela Organização Mundial de Turismo, em conjunto com demais órgãos internacionais, que tem supervisionado a situação do vírus, para fornecer orientações adequadas para turistas e empresas do setor.  

O Ministério do Turismo tem se reunido com o Grupo Executivo Interministerial de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional e Internacional, para acompanhar a execução das ações de preparação e enfrentamento da enfermidade, caso se propague para outros países. 

Também informa que o risco de transmissão do ebola durante as viagens é baixo, e a transmissão do vírus se dá pelo contato direto com sangue, secreções, órgãos ou outros fluidos corporais de pessoas ou animais infectados, exposições pouco prováveis a um viajante regular. O infectado só transmite o vírus após manifestar os sintomas, que em geral, começam entre dois e 21 dias após a contaminação, no período de incubação da doença. Os sintomas do Ebola são febre, fraqueza, dores musculares, de cabeça, de garganta, seguido de vômitos, diarreia, erupções cutâneas e em alguns casos, hemorragia. 

Representação do vírus Ebola


A Organização Mundial da Saúde não recomenda a proibição ou a restrição de viagens, mesmo as de origem ou destino aos países afetados, nem a realização de controles de detecção da enfermidade na chegada dos turistas aos aeroportos, portos ou outros postos de fronteira, devido à baixa efetividade da medida. Ainda ressalta que o Brasil não possui voos diretos com nenhum dos três países africanos afetados pelo vírus. 

O Ministério do Turismo vem trabalhando com os demais parceiros do governo federal, em conformidade com os organismos internacionais para oferecer informações precisas e adequadas para os turistas, empresas e autoridades do setor sobre a enfermidade e sobre medidas que possam reduzir o risco de exposição à doença. 

A OMS declarou no dia 8 de agosto de 2014, o Ebola na África Ocidental (Guiné, Libéria e Serra Leoa) uma emergência de saúde pública de interesse internacional. 

Fonte: Ministério do Turismo

MAIS NOTÍCIAS