Loader

MATO GROSSO DO SUL TERÁ COTA ZERO EM SEUS RIOS A PARTIR DE FEVEREIRO

Decreto será assinado pelo Governo do Estado

Por Alison Mota - 28/01/2019 em Notícias / Meio Ambiente

O Governo do Estado do Mato Grosso do Sul irá estabelecer, por meio de decreto, cota zero para pesca nos rios do estado, a partir de fevereiro. O anúncio foi feito pelo governador Reinaldo Azambuja durante encontro com pescadores esportivos, no último sábado, em Campo Grande. A nova legislação está em fase de finalização, sendo elaborada por técnicos da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Ainda em janeiro, no dia 11, o governador já havia sancionado lei aprovada pela Assembleia Legislativa, que proíbe a pesca do dourado por cinco anos e estipula o fim da cota para pesca amadora.

Junto ao decreto, o estado também estabelecerá uma cota de peixe para ser consumido no barco ou na pousada, definindo política sustentável para pescadores profissionais. De acordo com o governador, a Semagro está realizando recadastramento de todos os filiados nas colônias de pescadores, cruzando informações com o setor de pesca do governo federal.

A cota zero é defendida pelo trade turístico de Corumbá, considerado principal destino de pescadores amadores do Mato Grosso do Sul. Para Azambuja, isso estimulará a prática da pesca esportiva, e vai fomentar o turismo, recuperando o estoque pesqueiro. “O nosso peixe está diminuindo a cada ano nos nossos rios. Vamos receber mais turistas, valorizar o pescador profissional e acabar com o atravessador”, destacou.

Foto: Chico Ribeiro/Portal MS

Atualização:

Após o anúncio feito pelo governador Reinaldo Azambuja, diversas movimentações aconteceram entre pessoas ligadas à pesca. Representantes do governo estadual ouviram pescadores, ribeirinhos e representantes do turismo, debatendo sobre assuntos relacionados com as atividades exercidas por eles e de que forma isso poderia afetar. A avaliação feita é de que a notícia assustou os pescadores sem necessidade, pois o texto ainda está em desenvolvimento.

Na quinta-feira, 31, Azambuja realizou agenda pública. Questionado sobre o assunto “cota zero”, reafirmou que, quando finalizado, o decreto será publicado ainda em fevereiro. Entrevistado pelo Correio do Estado, o governador citou a reposição do estoque pesqueiro nos rios do Estado como principal objetivo. “Nós estamos desenhando o decreto. Não é um decreto finalizado e com certeza vamos chegar a um consenso. É muito inteligente a cota zero e a pesca esportiva. Agora vamos trabalhar, ouvir as reivindicações, ouvir os setores. Lógico que não vai ter unanimidade de pensamentos, mas, vamos buscar o que é melhor para o meio ambiente, para a geração de emprego e novas oportunidades de turismo”, projetou.

Avalie esta noticia:

MAIS NOTÍCIAS