8 dicas para quem está começando na pescaria esportiva

Quer começar a pescar e não sabe bem como? Confira aqui dicas de nossos especialistas

Por Matheus Ferreira - 10/01/2020 em Notícias / Geral - atualizado em 14/04/2020 as 15:27

Muitas pessoas começam a pescar por influência dos pais, avôs, tios e parentes próximos. Mas, se você é daquele grupo de pessoas que nunca teve contato com a pesca esportiva, quer começar e não sabe por onde, esta matéria é pra você.

A pescaria envolve vara, anzois, linha e, geralmente, um molinete ou carretilha para lançar a linha na água. Mas, para quem está começando, o mais importante é entender a essência da pesca esportiva e os principais cuidados e foco que precisa ter nas primeiras pescarias.


Confira as dicas de Cauê Ogata, do Slow Fishing, e Kleber Sanches, do Pesqueiros do Brasil:


CAUE OGATA:

  1. Primeiro de tudo, o cara tem que estar a fim de viver uma experiência nova, provavelmente diferente de tudo que ele já viveu. Pesca esportiva é sustentabilidade. É prezar pela saúde dos peixes e de todo o ecossistema que os envolve. 
  2. Tralha de pesca é importante, mas não é tudo! Não importa o modelo, quem quer pescar consegue fazer cada gambiarra e no final acaba dando certo.
  3. Carvão e carne: pescaria e churrasco andam de mãos dadas, e o churrascão é o melhor momento para falar sobre tudo que aconteceu durante o dia de pesca.
  4.  Amigos: pescar sozinho rola, mas fica é mais divertido quando se está com a galera.


KLEBER SANCHES:

  1. Minha dica é estudar bastante para ter o máximo de informações. Assistir programas na Fish TV e vídeos na internet para pegar dicas.
  2. Montar conjuntos compatíveis com as espécies e tamanhos de peixes que pretende pescar. Usar equipamento adequado para não perder os peixes.
  3. Conversar e pedir ajuda para funcionários de lojas de pesca de confiança e credibilidade no mercado.
  4. Ter muita paciência! Ser observador e ter persistência. Ninguém nasce sabendo, todos vão sofrer um pouco no começo para aprender e a evolução só vem com a prática e o tempo.


Avalie esta notícia:

MAIS NOTÍCIAS