Loader

Este vídeo é conteúdo exclusivo para assinante.

Entrar
Ainda não é assinante da FishTV? Assine agora.
    Diferentes técnicas para fisgar os bitelões 4 ª TEMPORADA - EPISÓDIO 2

    Na Estância Pesqueira Campos, Dênis Garbo vai fazer mais uma de suas pescarias. Em busca dos bitelões, ele utiliza boia cevadeira, ração natural, massa e montagem capetinha. Tudo para garantir os gigantes do pesqueiro.

    RELATO DO EPISÓDIO

    Distante apenas 50 km de São Paulo, a Estância pesqueira Campos foi um dos primeiros pesqueiros em que vistamos lá na primeira temporada. E a saudade já era grande, pois o local, além de ter uma estrutura de dar inveja, ainda têm espécies que deixam qualquer pescador com água na boca: tambacus, pintados, cacharas, matrinxãs e até gigantes pirararas e os briguentos pirarucus são encontrados em seus lagos. É ou não é um prato cheio para nós pescadores. E com pensamento positivo de que encontraria as gigantes pirararas foi que comecei o dia, e como esta espécime é normalmente mais fisgada no fim de tarde, tratei de primeiro ir atrás dos grandes tambacus do local, e olha que no lago grande podemos encontrar peixes de até 36 quilos, mas os de até 15 a 20 são os mais fisgados. Eles são briguentos demais, e por vezes achamos que é um dos gigantes do lago, pois sua briga é descomunal. Intercalamos varias técnicas, mas as rações foram as mais efetivas na captura dos peixes, e por fim, bem a tardezinha fui agraciado com uma exemplar de pirarara gigante que me fez realmente pensar em como muito de nós pescadores ficam somente com a vara na mão, olhando o peixe tomar linha até ouvir aquele estouro, ai, chegamos em casa para contar e ninguém acredita, mas de uma coisa eu tenho certeza, os peixes gigantes estão ali e é questão de tempo para se engatar o verdadeiro trator do estância pesqueira campos.

    Ler tudo... Esconder...

    Episódios recentes / Programas

    Vídeos recentes / Exclusivos