Notícias Conteúdo novo todos os dias

PL que proíbe pesca do dourado em Corumbá segue para sanção do Poder Executivo

O prefeito da cidade, Ruiter Cunha de Oliveira, deve fazer a assinatura da lei nesta sexta-feira

08/06/2017 10:37
Compartilhe: Facebook Twitter Google+
PL que proíbe pesca do dourado em Corumbá segue para sanção do Poder Executivo
Dia 9 de junho promete ser marcado pela preservação ambiental em Corumbá. Nesta data, que foi definida como o Dia do Dourado na cidade, o prefeito, Ruiter Cunha de Oliveira, deve sancionar dois projetos de lei de autoria do vereador e primeiro secretário do Poder Legislativo, Rufo Vinagre. As propostas, que foram aprovadas na Câmara Municipal na última segunda-feira, dia 5, tratam sobre a proibição da pesca do dourado e do transporte de pescado para fora do município. 

A pesca da espécie já foi proibida em Corumbá por um período de cinco anos, de 2012 a 2017. Dessa vez, o projeto prevê uma proibição referente à captura, o embarque, o transporte, a comercialização, processamento, a industrialização e a guarda desse peixe por 10 anos. "A antiga medida foi satisfatória, por isso tivemos a iniciativa de entrar com esse Projeto de Lei que tem um tempo ainda maior", ressalta o vereador. Segundo ele, o planejamento define que especialistas façam um monitoramento do dourado. 

Estará permitira a pesca somente para fins científicos, mediante a autorização da Fundação do Meio Ambiente do Pantanal. Além disso, a restrição não se aplica à pesca esportiva, exemplares reproduzidos em cativeiros e à pesca de subsistência por ribeirinhos. 
PL que proíbe pesca do dourado em Corumbá segue para sanção do Poder Executivo Vereador Rufo Vinagre
Transporte do pescado

O segundo projeto proíbe o transporte rodoviário, aéreo, férreo e náutico de toda e qualquer espécie de peixes - em qualquer fase de desenvolvimento - capturada em Corumbá para fins comerciais. Somente poderão ser comercializados e transportados peixes provenientes de criatórios, devidamente autorizados pelos órgãos competentes, acompanhados de comprovante de origem. 

Essa proposta poderá ser revista e prorrogada após um período mínimo de cinco anos, mediante estudos técnicos e científicos que possibilitem avaliar um aumento dos estoques pesqueiros no município. "É uma medida que refletirá diretamente no aumento do estoque pesqueiro em nossa região. Além disso, irá permitir maior incremento na modalidade do pesque e solte, que cada vez cresce mais no Brasil", salienta o vereador. 
Publicidade For Fisher - Quinzena do Pescador - Lateral Direito
Assine nossa Newsletter Receba com exclusividade os conteúdos do FishTV.com
OBRIGADO POR ASSINAR A NOSSA NEWSLETTER!
X
Área do Assinante

Dúvidas?
Ligue para 0800 880 6688 ou clique aqui para entrar em nosso CHAT. Horário de atendimento: de segunda a sexta, das 08h30 às 18h.

ESQUECEU SUA SENHA?

Digite seu e-mail abaixo e clique em ENVIAR.
Enviaremos um e-mail com as instruções de como acessar a sua conta.

Não é assinante FishTV.com? Conheça as vantagens.